sexta-feira, 28 de outubro de 2011




Sabem que me escondo na Bellevue
Ninguém comparece ao meu rendez-vous

Os meus amigos enterrados no jardim
E agora mais ninguém confia em mim

Era só para brincar ao cinema negro
Os corpos no lago e cartões jovens e desemprego

Sem comentários:

Enviar um comentário