terça-feira, 23 de fevereiro de 2010

Bookcrossing








O Bookcrossing é um clube de livros global, que atravessa o tempo e o espaço. É um grupo de leitura que não conhece limites geográficos. Os seus membros gostam tanto de livros que não se importam de se separar deles, libertando-os, para que possam ser encontrados por outros.

O objectivo do Bookcrossing é transformar o mundo inteiro numa biblioteca.
Em Portugal, a comunidade Bookcrosser conta já com mais de 8 000 membros, sendo uma das maiores comunidades da Europa e a décima em termos mundiais.

Activos nos fóruns, listas de discussão, troca de livros, mensagens privadas, encontros e actividades várias, os bookcrossers portugueses têm à sua disposição uma variedade de formas de participar nesta comunidade.

De momento não existe ainda um interface português para o site, pelo que, por agora, os utilizadores têm de trabalhar no site em inglês.

Em Vila Real, no famoso Edifício Mantas, existe um pequeno paraíso chamado Conta Coisas, onde pagamos contas de electricidade, compramos a "National Geografic" e a FHM, tabaco de enrolar, sabões de cânhamo, chá de Rooíbos, tinteiros de impressora, vários productos do "Comércio Justo",Red Bull, Super Bock, cerveja de cânhamo, tripas doces, e levamos livros para casa, gratuitamente, livros que viajaram já por muitas outras mãos, e por muitas outras mãos irão viajar, depois de saírem das nossas, numa Utopia da Leitura que lembra outros ideais de Liberdade e Educação, já tão esquecidos neste mundo de Gripes Suínas e precariedade laboral, especulação financeira e políticas vazias.


Imagine agora um mundo, onde encontra um livro num banco de jardim, um novo mundo sob a sombra de uma árvore de Tília, um vento fresco contrariando o aquecimento global, uma luz, que após 3 semanas, larga numa agradável esplanada à beira-mar, onde uma rapariga, que escapou agora mesmo de um inferno de escritórios para umas férias de 3 dias na praia, o encontra, mergulhando em novo universo de histórias e emoções, numa aventura de letras, sentindo-se renascer das cinzas, erguendo-se agora com nova força para enfrentar a vida, largando este tesouro num banco, à beira de um rio, onde tantas pessoas fazem jogging logo pela manhã, sendo encontrado por um ancião que ali passeava, e por aí fora, eternamente semeando cor e alegria pelas mãos onde passa.

Que livro poderia ser mais feliz que este...

Já agora, próximo sábado ou domingo, no telejornal da tarde, RTP1, haverá uma pequena peça sobre o
Bookcrossing no Conta Coisas. Não percam...

2 comentários:

  1. Lamentamos, mas como houve terramoto, não houve emissão da peça.

    ResponderEliminar
  2. manuel lopes na rtp
    vejam o vosso querido amigo em http://ww1.rtp.pt/blogs/programas/jornaldatarde/?k=2-parte-do-Jornal-da-Tarde-de-2010-03-24.rtp&post=7307 , no minuto 12 e 47s... Não vão acreditar

    ResponderEliminar