quarta-feira, 10 de fevereiro de 2010

Possível solução para o caso Sócrates/TVI/MMGuedes


Ora bem.
Em minha humilde opinião, todo o caso é apenas polémico porque sujeito a um paradigma inevitável:

- Existem apenas 4 canais de sinal aberto e disponível aos mais pobres dos cidadão portugueses, bem como à restante minoria (os outro 20 por cento da população de situação financeira despreocupada).

Tais canais ganham assim uma gigantesca importância para o sistema politico-económico, pois formam a chamada "opinião pública. Dois pertencem ao estado (chamem-lhe burros), outros dois são privados.

A luta pelo controlo destes 2 últimos será sempre dura e selvagem, com o olhar no domínio das massas.

Pois se autorizarem, de repente, mais 10 canais (ou 100, porque não), toda a questão desaparece, tornando-se ridícula qualquer tentativa de dominação de um único canal (por parte do estado, ou conglomerado/multinacional de empresas do ramos dos médias e outras, hipótese esta bem mais realista que o controlo do estado, aparelho ultrapassado pelas multinacionais, já há muito tempo).

Problema resolvido.

1 comentário:

  1. Aqui tem... Uma petição que valerá a pena... Basta que os portugueses queiram que seja uma realidade... Não há mais lugar para ataque aos vencimentos dos políticos se esta petição morrer pelo caminho. Chegou a HORA DA VERDADE... Vamos colocar os políticos AO SERVIÇO DO PAÍS e não a SERVIREM-SE DO PAÍS.! Leiam... Petição Por Políticos Mais Responsáveis.
    Se é contribuinte neste país e sente-se "assaltado" ou simplesmente "escandalizado" com o que se paga como salário e ajudas aos políticos? Vamos colocar uma ordem nisto... Que os que servem o povo sejam reconhecidos pelo que fazem... avaliados e como tal, merecedores do que recebem... Está uma petição on-line disponível.
    Aqui fica o link da Petição Por Políticos Mais Responsáveis.
    Leia a petição até ao fim... olhem que vale a pena! Eu já a assinei...
    Este é um assunto diferente do tratado. Mas creio que merece ser divulgado... Perdoem-me este pequeno abuso...
    Não Calarei A Minha Voz... Até Que O Teclado Se Rompa !

    ResponderEliminar